utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deus faz acepção de certas pessoas?

Nas Escrituras, Deus é apresentado como alguém para quem “não há acepção de pessoas” (Rm 2:11), e como quem “não faz acepção de pessoas” (Dt 10:17). Contudo, a Bíblia nos diz que “de Caim e de sua oferta [Deus] não se agradou” (Gn 4:5), o que parece uma contradição.


Antes de mais nada, Deus não faz acepção alguma de quem quer que seja, respeitando cada um pelo que é, por ser uma criatura feita à sua imagem e semelhança (Gn 1:27). Não fosse assim, ele estaria desrespeitando a si próprio. Quando a Bíblia diz que Deus não faz acepção de pessoas, ela quer dizer que ele não demonstra parcialidade alguma na aplicação da sua justiça. Como diz Deuteronômio 10, Deus “não faz acepção de pessoas, nem aceita suborno” (v. 1.7). Em outras palavras, Deus é completamente justo e imparcial em seus procedimentos.

Entretanto, há um sentido em que Deus discrimina algumas pessoas, por causa de seus atos perversos. Ele não se agradou de Caim e de sua oferta (Gn 4:5) porque ela não foi oferecida com fé (Hb 11:4). A Bíblia fala ainda que Deus aborreceu Esaú (Ml 1:3) e odiou a obra dos nicolaítas (Ap 2:6), não por causa da pessoa ou das pessoas, mas por causa dos atos delas. Como João disse aos crentes de Éfeso, eles deveriam odiar “as obras dos nicolaítas”(Ap 2:6). Deus ama o pecador, mas odeia o pecado.


Norman Geisler




Ajude a divulgar. Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>