utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que aprender com a ressurreição de Lázaro?

Nossa vida é uma caminhada até o dia de nossa morte ou até a volta de Jesus Cristo. Não existe uma alternativa. Estamos em uma caminhada. Ou morreremos ou seremos arrebatados, se estivermos na geração da vinda do Senhor. De qualquer forma, nós nos encontraremos com o Senhor. Em Amós 4.12, existe uma exortação para nos prepararmos para o encontro com Deus. Em Mat 25, há uma abordagem dessa preparação quando Jesus ensina sobre as virgens prudentes e sobre as insensatas.


Capítulo 11 do Evangelho de São João


No texto de João 11, existem dezenas de ensinamentos e verdades que, por si só, já nos seriam suficientes, tamanha a grandeza de tal passagem. Temos alguns ensinos de conduta daqueles que querem estar preparados.


DESENVOLVIMENTO


a. Tipos de comportamentos de um cristão

1) Por que o texto faz questão de frisar quem era a tal Maria?

- verso 2. Lavar os pés não era algo muito vulgar. Tinha um aspecto sacro. Tratava-se de uma demonstração de hospitalidade e cortesia, providenciar água para que os mesmos lavassem os pés, ou até mesmo ordenar a um servo que lavasse os pés dos visitantes. Diversas vezes isso é citado na Bíblia. O coração de Maria evidenciou suas ações por ocasião de morte de Lázaro. Ela esteve tranqüila, ela soube receber Jesus, ela não entrou em crise. Existe o comportamento daqueles que aprenderam a lavar os pés, daqueles que sabem sua posição de servos dentro do reino de Deus. Mas também vimos Marta.


2) Marta: reflete a maioria dos comportamentos. 

Muito teoria, muita conversa, muito o que fazer, pouco resultado. Marta já havia sido orientada por Jesus, mesmo assim continuava ansiosa. Ver Lucas 10. 38 a 42. Comportamento daquele que não aprendeu o segredo da adoração. Calma. No aquietar teremos a força. Não adianta querer fazer o que Deus tem que fazer. Ver Isaías 29. 7

b. Sua resposta só vem quando ativa o amor do Senhor. 

Não é nossa pressa que faz Deus se voltar para nós. – verso 6

Ver Isaías 19.21 e 22.

Outro ponto é quanto à calma de Jesus. Ouvindo que morrera alguém que ele amava, alguém que o fez chorar. Ele não se abalou. Ele não se exasperou. Ele não reclamou. Apenas acalmou-se. Jesus tinha tudo para sofrer como nós sofremos. Dialeticamente, teríamos que ser assim, pois ele disse que faríamos obras maiores que as que ele fez (Jo 14.12) Além disso, o escritor de Hebreus nos ensina que em tudo ele foi tentado (Heb 4.15)

Nossa atitude diante das adversidades aponta para o resultado.


c. Somente os que estão na luz entendem a Palavra de Deus (rhema)

João 3.21 nos dá uma dica vital sobre a verdade e a luz. Sem a palavra não há luz. Sem luz não há entendimento. (salmos 119.130) Veja que eles pensavam que Jesus falava de sono físico. Mas diz o texto que Jesus trouxe clareamento a eles. Que coisa. Na passagem do caminho de Emaus, ocorreu o mesmo. Eles não havia recebido a luz, mas dentro deles algo queimava enquanto falavam com Jesus. E você, tem tido a luz? A palavra tem trazido o esclarecimento. Diz Paulo: Desperta tu que Dormes. Efésios 5.14. As coisas não tem acontecido porque não houve luz ainda na área em que você enfraquece. É a luz que revela nossa missão (Isaías 58.10).


d. Tomé nos mostra algo a ser evitado – verso 16

A fuga do incrédulo é sempre falar demais. Há um medo em se frustrar e, assim, o descrente fala sem medir. Vejamos Eclesiastes 5.2 . Veja que Tomé diz ao Senhor: vamos que eu quero morrer com ele. Ora, Jesus ia para dar vida e não morte. Que tipo de confissão você tem exercido? Heb 3.1 e 10.23. Não abra sua boca por emoção. Não fale ao vento. Isso é um espaço curto para murmurar.


e. Qual a reação a ser adotada com a chegada de Jesus?

- Marta?

- Maria?

- Marta se apressou. Marta cobrou de Jesus. (verso 21)

- Maria não se apressou. Ela ouvia o tumulto. Ficou até que Marta, a afobada, veio lhe dizer. Ela também cobrou de Jesus (verso 32), mas antes fez algo maravilhoso. Verso 32. Se lançou aos pés do Senhor. Salmos 34.18 e 51.17. Lembremos dos homens no templo. Lucas 18. 11 a 14. Ela cobrou do Senhor uma resposta, mas ela soube que tinha uma posição, uma etapa a ser cumprida.


f. Os vacilos da fé de Marta

- verso 27: disse Senhor eu Creio

- verso 39: mostra nitidamente a fé passiva. Emocional. “Senhor , já cheira mal”. Ora, quem havia dito no verso 27 que sabia do poder de Cristo? Estranho, não? Ela nem viu a questão da pedra. Jesus não se referiu a Lázaro, mas a pedra. Ela olhou para Lázaro. Não adianta tentar entender o incompreensível. Não adianta tentar entender o processo de Deus. II Reis 4.42 a 44


g. Tirai a pedra

Verso 39. Mesmo na hora da luta, é preciso agir. Se não houvesse a remoção da pedra, Jesus jamais ia dar a ordem de ressurreição para Lázaro. Qual a pedra que está ainda em sua vida impedindo que o Senhor comece a agir? Quais atitudes você anda tomando que se tornaram pedras separadoras de você e de sua benção? O fato é que mesmo para produzir milagres Jesus precisa de pessoas que tirem as pedras. Oh, irmãos, quantas pedras ainda precisando sair de seu coração e de sua vida.


h. Desatai-o


Verso 44. Lázaro agora estava vivo. Problema resolvido? Não. Ele respirava, mas vivo mesmo, com liberdade, com habilidades para sair e realizar coisas que ainda não tinha realizado, não. Algo o impedia de viver a abundância do Senhor Jesus. Ele precisava que alguém retirasse as faixas que o envolviam. Essa é a missão da igreja de Jesus. Retirar faixas de pessoas para que elas vivam. Quem sabe você está lendo essa mensagem, mas ainda está amarrado. Você respira, ouve, vê, mas sua vida está parada. Busque hoje ao Senhor e ele irá usar a pessoa certa para desatá-lo dessas faixas que o prendem.



Do site restauracaodapalavra.blogspot.com.br



Ajude a divulgar. Compartilhe!

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>