utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre a idolatria evangélica

A idolatria evangélica se consolida de maneira incontestável. Não há como escapar das evidências gritantes que denunciam esta crescente onda de se prestar culto a deuses que vão sendo criados, sacramentados e adorados nos altares levantados pelo povo outrora avesso a tal prática. Os templos deixaram de ser lugares de adoração e se transformaram lugares adorados.



“Portanto, meus amados, fugi da idolatria.” 

- Co 10.14



A idolatria por templos há muito vem se instalando entre as denominações que disputam a primazia arquitetônica. A idolatria aqui se configura nos milhões investidos em igrejas repletas de artifícios high tec, mas podem se manifestar no pretensioso e ambicioso futuro centro de romaria gospel que a seita IURD irá construir em São Paulo.

Podemos encontrar templos que consumiram milhões em dízimos e ofertas que hoje estão abandonados, porém, o cúmulo do absurdo é saber que há até denominações cometendo a insensatez de transformar templo em museu!


A pastorlatria, a bispolatria e a apostolatria chegam a níveis tão escabrosos que alguns deles já se auto intitulam “pais” e “patriarcas” – isto é idolatria pra diabo nenhum botar defeito!

Homens e mulheres que deveriam levar as pessoas a adoração ao único Deus, roubam a glória do Criador com suas excentricidades e performances recheadas de efeitos especiais; com técnicas de oratória e muito, muito jogo de cena. Estes são capazes de gerar catarse coletiva em estádios lotados de gente ignorante das verdades bíblicas. Os tais estão longe da vida piedosa e da santidade características de verdadeiros servos de Deus.

Na era das celebridades instantâneas, cantores, bandas e outros artistas do meio evangélico levam platéias ao delírio – plateias estas, em sua grande maioria, atraídas pelos espetáculos de luzes e sons ou simplesmente interessados em seus ídolos, nada mais. Alguns ensaiam gritos que confessam seus pecados ao escancararem sua apostasia: “…cadê você, eu vim aqui só pra te ver”.



Não poderia deixar de comentar sobre as famigeradas e idolátricas campanhas e correntes que se instalaram de tal maneira nas mais distintas denominações, deformando a prática da fé de tal forma que muitos crentes de hoje são tão viciados em patuás e mandingas à moda evangélica que muitos deles não dão um passo sequer sem certas práticas ritualísticas, ou sem seus objetos de sorte. É fogueira santa pra cá; é sal grosso e rosa ungida pra lá… Enfim, tudo tão semelhante ao paganismo e pra macumbeiro nenhum botar defeito!

Mas, ainda há muitas coisas que os crentes modernos idolatram. Em tempos de supervalorização da estética e apego material, há muitos crentes que idolatram seus próprios corpos, que dedicam horas e horas para alcançar um bumbum perfeito, mas não encontram tempo para orar e praticar devocional bíblica. Há os que idolatram seus bens, suas famílias, seus hobbies, suas empresas, suas agendas e até suas carreiras.



Toda idolatria é demoníaca, logo, crentes idólatras estão desviados e não têm parte com Deus. É preciso que haja reconhecimento de que tais práticas são reprováveis; faz-se também necessário o arrependimento e conversão genuínos, seguidos de sincera decisão em viver sob o domínio do Espírito Santo e a regência da Palavra. Só assim haverá libertação.



Pr Aécio Felismino da Silva



do site http://pulpito-virtual.blogspot.com.br em 23/08/2013







Ajude a divulgar. Compartilhe!

8 Comentários:

Anônimo disse... [Responder comentário]

Os crentes são o lixo da sociedade, se acham melhor que os outros mas a maioria vão tudo torrar no inferno

asaber disse... [Responder comentário]

desculpe amigo, mas tu infelizmente generalizou e confundiu crente com
evangélico.

Maninho disse... [Responder comentário]

Que falta faz a verdadeira consagração ao Altíssimo nos decadentes dias atuais... Servos do Senhor sem vaidades, sem aviões particulares, sem mansões, redes de TVs, sem competições fúteis, sem gordos cachês, sem autógrafos, sem guarda costas, sem fâs; Só comunhão, Palavra, santidade e consagração, nada mais que isso.

Anônimo disse... [Responder comentário]

cada um tem sua vida, faz o que quer dela, até influenciar a outros. enquanto nao quiser enfiar goela abaixo sua fé em ninguem (incluindo seus prórpios filhos e/ou usar animais) faça o que quiser, até consigo mesmo.

samir ahimed disse... [Responder comentário]

Um homem morreu e foi pro céu. Como lá no céu não tinha nada pra fazer ele resolveu trabalhar: ô São Pedro, tem algum bar aqui no céu?São Pedro respondeu que não. Aí o homem resolveu abrir um bar. O bar foi um sucesso vendeu bastante. pensou: se aqui eu vendi toda cerveja, imagine no inferno.foi vendr cerveja no inferno. Pouco tempo depois o homem não vende nada, ai pergunta para um rapaz de terno que passava? porque miguem compra minha cerveja? aaa meu filho todos aqui são crente

Rubcler M. disse... [Responder comentário]

Boa noite,
Gostei muito do artigo e, tomei a liberdade de publicar no meu blog, com todos os créditos seu.Blog:rubclerm.blogspot.com.br
Abraços
Deus continue o abençoando
@prrubcler

Anônimo disse... [Responder comentário]

que ridiculo estes comentarios!ah quando CRISTO voltar......

Anônimo disse... [Responder comentário]

si os que crem vão fara o inferno muito mais os que crem na idolatria e chamam aos demonios de santos e o diabo de mãe di DEUS

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>