Maria foi sempre virgem?

“O catolicismo romano ensina que Maria sempre foi virgem, isto é, que ela nunca praticou uma relação sexual, mesmo depois que Jesus nasceu. Quando a Bíblia se refere então aos “irmãos e irmãs” de Jesus (Mt 13.55-56), na verdade ela está se referindo a primos ou a parentes próximos?”.

“É verdade que as palavras para irmão ou irmã podem referir-se a um parente próximo. O sentido, porém, tem de ser determinado pelo contexto e por outros textos das escrituras. E no caso dos irmãos e irmãs de Jesus, o contexto indica que se trata realmente dos meios-irmãos e meias-irmãs de Jesus”.
Primeiro, em parte alguma a Bíblia afirma a doutrina da perpétua virgindade de Maria. Tal como a doutrina católica de que Maria nunca pecou, não há em toda a Bíblia nada que suporte esse ensino”.
Segundo, quando o termo “irmãos e irmãs” é empregado em conjunto com “pai” ou “mãe”, então o sentido não é o de primos e primas, mas sim de irmãos e irmãs mesmo (cf. Lc 14.26).

Tal é o caso a respeito das menções dos irmãos e irmãs de Jesus. Mateus 13.55 diz: 
“Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas? (cf. Mc 6.3)”.
Terceiro, há outras referências na Bíblia aos irmãos de Jesus. João nos informa de que “nem mesmo os seus irmãos criam nele” (Jo 7.5). 
E Paulo fala de “Tiago, o irmão do Senhor” (Gl 1.19). 
Em outra ocasião Marcos refere-se a “sua [de Jesus] mãe e seus irmãos” (Mc 3.31). 
João falou de “sua mãe, seus irmãos e seus discípulos” (Jo 2.12). 
Lucas menciona que estavam no cenáculo “Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele” (At 1.14)”

Ajude a divulgar. Compartilhe!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *