Você é mais bonita do que pensa!”

A Dove contratou um desenhista responsável pelos retratos falados do FBI para desenhar sete mulheres como elas mesmos descreveram para ele, enquanto se mantinham ocultas atrás de uma cortina. Terminada a primeira fase, uma terceira pessoa escolhida a esmo era convidada a descrever a mesma mulher e o desenhista completava mais um desenho. Você pode imaginar qual desenho favorecia mais a beleza da pessoa desenhada?

A resposta mais esperada seria que, em função do nosso ego, o primeiro desenho carregaria mais traços favoráveis, mas não, em cada e todos os exemplos, os desenhos das mulheres provenientes de auto-descrições ficaram mais feios do que aqueles desenhados a partir da descrição de um estranho.
A conclusão da Dove deve fazer um bem dado para a autoestima feminina:
– “Neste experimento social interessante comprovamos algo muito importante para as mulheres: Você é mais bonita do que pensa!”
William Shakespeare disse que os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são. Mas nesse caso é complicado! Afinal nem a gente mesmo sabe como a gente é. O meu barbeiro tem uma teoria sobre o assunto. Segundo ele a gente só consegue ver como exatamente somos quando olhamos o reflexo no espelho de um segundo espelho. A princípio achei uma grande bobagem, mas para a curiosidade não matar o gato -no caso, eu -, fiz a experiência dos espelhos e posso dizer que é bem esquisito mesmo. Ainda que no máximo consigamos ver somente o perfil, parece que estamos olhando para outra pessoa.

Luizão CS
01
02
03
04
05
06
07

Fonte: midg.

 Compartilhe!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *