utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Em que caso a Bíblia permite o divórcio?

A coluna “Pastor Malafaia responde”, do site Verdade Gospel, abordou o assunto do divórcio explicando quais os casos onde a separação do casal é permitida de acordo com a Bíblia. Malafaia escreve respondendo a pergunta de um internauta que questionou se na Lei de Moisés o divórcio era ou não permitido.


“Não havendo infidelidade, o divórcio é ilegítimo, pois não põe fim ao vínculo do casamento”, disse.


“De acordo com a Bíblia, para Deus, o ideal é que não haja traição e que, havendo, o perdão seja liberado. Mas, por causa da dureza do coração do homem (Mateus 19.8), da sua incapacidade de perdoar, o traído pode divorciar-se e casar-se de novo.”

O pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo deixa claro que o problema entre marido e mulher precisa ser resolvido, e que, para isso, deve haver esforço de ambas as partes para que o divórcio não aconteça.

“O divórcio deve ser empregado apenas em última instância”, ensina Silas Malafaia.

O texto também fala que não há base bíblica para impedir que o divorciado se case novamente. Nem mesmo o texto de Romanos 7. 1 a 3 diz sobre isso. O contexto [do texto de Romanos] não permite tal entendimento. “O objetivo do apóstolo Paulo era mostrar, especificamente aos judeus, a diferença entre a antiga e a nova aliança.”


Leia:

" O padrão divino para o casamento é, segundo as palavras de Jesus, que seja indissolúvel (Marcos 10.9). Mas há uma larga diferença entre o ideal e o real. Logo, conhecendo a dureza do coração humano e seus problemas de relacionamento, Deus permitiu exceções ao Seu projeto inicial, especialmente em casos de violência doméstica, abusos emocionais e sexuais e casos contumazes de adultério.

Quando foi indagado a respeito de o divórcio ser ou não permitido segundo a Lei mosaica, Jesus explicou: Moisés, por causa da dureza do vosso coração, vos permitiu repudiar vossa mulher; mas, ao princípio, não foi assim. Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de prostituição, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério. Mateus 19.8,9
Não havendo infidelidade, o divórcio é ilegítimo, pois não põe ¬ m ao vínculo do casamento. Mas, o mesmo não se pode dizer quando o motivo é o adultério. No caso de simples repúdio por motivo fútil, o divórcio é ilegítimo aos olhos de Deus.

De acordo com a Bíblia, para Deus, o ideal é que não haja traição e que, havendo, o perdão seja liberado. Mas, por causa da dureza do coração do homem (Mateus 19.8), da sua incapacidade de perdoar, o traído pode divorciar-se e casar-se de novo.

Entretanto, isso não significa que o divórcio deva acontecer automaticamente quando o cônjuge comete adultério. Aqueles que descobrem que seu parceiro foi infiel devem primeiro fazer todo o esforço para perdoar, reconciliar-se e restaurar o relacionamento. O divórcio deve ser empregado apenas em última instância, quando o adúltero não demonstrar arrependimento genuíno repetindo esse ato vil que abala a confiança do cônjuge, machuca-o e desestrutura o vínculo conjugal.

Algumas pessoas empregam Romanos 7.1-3 para respaldar uma posição contrária a um novo casamento em qualquer hipótese. Afirmam que o que traiu e o que foi traído estão ligados até a morte. O contexto não permite tal entendimento. O objetivo do apóstolo Paulo era mostrar, especificamente aos judeus, a diferença entre a antiga e a nova aliança. Utilizar esse texto para condenar o divórcio em qualquer hipótese é ser mais duro do que Jesus. É obrigar a pessoa a conviver com o outro sem jamais poder divorciar-se, ainda que seja traída ou agredida repetida e continuamente.

Se a nova aliança condenasse alguém a esse tipo de jugo, não se faria superior em nada à antiga, já que a Lei mosaica, nesse sentido, seria mais humana, tolerante e justa. Os judeus não tinham o casamento como indissolúvel. Eles conheciam as exceções. Jesus as interpretou de forma mais eficaz e restrita. "


Sugestões de leitura

Marcos 10.1-12; Lucas 16.18; Romanos 7.3

8 Comentários:

Adriano Modolo disse... [Responder comentário]

Tudo na Bíblia é uma questão de interpretação mesmo. Quando você cita Mt 19:8, onde está escrito "NOVO CASAMENTO"?
Quanto à Romanos, Paulo foi muito claro e o contexto não era para os judeus, ao contrário, a carta foi escrita para os cristãos de Roma, gentios. E lá ele é direto e não deixa dúvidas, ao contrário do que Jesus disse em Mateus, pois ali sim há um contexto: ele estava falando sobre a lei de Moisés, não sobre o Seu Reino.
Quanto à lei de Moisés, vejamos em Hebreus 7:12 em diante, a mesma deixa de ser válida a partir de Jesus Cristo, que nos deu um novo mandamento (Jo 13:34). Ora, se a lei de Moisés ainda é válida, então há que se sacrificar animais, abolir o uso de maquiagens e etc. Se é pra seguir a lei, que a seja toda e não apenas a parte que convém.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Apesar de o Adriano Modolo ter dito tudo, queria perguntar a respeito da notícia de que Silas Malafaia celebra terceira núpcias de Bolsonaro :

- ele está acima do que Malafaia prega ?
- em não estando, ele foi traído ou o traidor ?
- Malafaia não costuma seguir o que prega ?

Anônimo disse... [Responder comentário]

ola para todos do site rocha ferida,gostaria de espressar minha opiniao sobre este assunto tao complexo,MATRIMONIO,claro,sem duvida e sagrado...pois foi DEUS quem o criou e o santificou,mas ha essecoes.NAO acredito que um casamento,formado por DEUS venha acompanhado de vexames,brigas,traicoes etc...HA pessoas que se casam,e se acha dono do conjugue[individuo],outros se acomodam de tal forma que vira um porco relachado,vcs acham que DEUS aprova um casamento imundo como esse que descrevo,e ha milhoes em nossa volta...HA outro tipo de casamento e existe milhares aos pedacos...CASOS de mulheres que nao respeita os maridos e maridos que nao respeita as mulheres...NESSES casos o DIVORCIO e bem VINDO e muito VALIDO...ass;cass.sp

Anônimo disse... [Responder comentário]

mas um vez agradeco o site rocha ferida,por permitir,seus usuarios expressar seus pensamentos sem hipocrisia...Continuando o comentario acima,o qual editei,sobre MATRIMONIO e DIVORCIO.GOSTARIA de perguntar a qualquer pastor,padre,bispo e papa de qualquer igrja,todos sao unanimes em falar que odivorcio e pecado sao tdos {HIPOCRITAS}...E se fosse vcs os traidos,humilhados,espancados ou ate mesmo trucidados,em alguns casos como ja aconteceu no passado...{hipocritas e fariseus}e se fosse a filha de vcs que caisse nas maos de um canalha que se diz evangelico ou nao... SERA que se fosse a filha ou filhos de vcs,apoiariam o DIVORCIO,ou PENA DE MORTE,claro que sim,apoiariam,o homem nao tem moral para dizer o que e certo ou errado...TODOS PECARAM e SE FIZERAM INUTEIS ass;cass,sp

Anônimo disse... [Responder comentário]

Será que é possível continuar em um casamento onde a mulher não sendo cristã mas de outra religião, critica e xinga a fé do marido. Humilha-o publicamente com agressões verbais e físicas.
Que por causa de um ciúmes doentio o agride com palavras e fisicamente o ameaçando de morte.
Será que o divórcio num caso desses não seria melhor para ambos antes que percam a cabeça e acabem se matando?

Carol Bussolaro disse... [Responder comentário]

Este blog é uma benção, aborda muitos assuntos que são esclarecedores!

Parabéns!

www.ideiasnaestante.com.br

ANGELO DE LIMA disse... [Responder comentário]

ESSE ASSUNTO DO DIVORCIO É MUITO POLEMICO PARA MUITOS, ACHO QUE SE O CASAMENTO NAO ESTA DANDO CERTO É MELHOR O DIVORCIO ANTES QUE COISAS PIOREM VENHAM ACONTECER ENTRE O CASAL.

Pedro Prestes disse... [Responder comentário]

Tenho visto e ouvido os mais tremendos comentarios sobre esse assunto o divorcio;Porem oas que defendem o segundo casamento deveriam ler com mais atençao qual o sentido das duas palavras ali descrita por jesus.Ele esta falando sobre o noivado judaico e as seguintes palavras (porneia e moi cheia )Ai teremos realmente o sentido desse assunto.Lembre se que divorcio nao existe pra Deus pois ele abomina paz

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>