Maria é a mãe de Deus?

Esta é uma questão que foi levantada no site apologético www.cacp.org, quando um internauta questionou sobre o tema. Veja os argumentos levantados por parte do internauta e a resposta que foi postada. Aproveite a oportunidade para registrar sua opinião nos comentários…

Email do internauta – Mensagem: Caro Pastor, parabenizo-lhe por seus argumentos. Contudo, Maria é exaltada e venerada como Mãe do filho de Deus, Jesus Cristo, que também é Deus. A menos que o senhor não o considere como Deus, ou não acredite que ele faça parte da Trindade Santa. Por ser Jesus Cristo, verdadeiro Deus (dado a divindade de Deus Pai) e verdadeiro homem (dado a humanidade de Maria) é que Ela é Mãe de Deus. Não do Deus Pai, mas do Deus Filho que se encarnando deu-nos a conhecer o Pai Criador. Por fim, analisando exegeticamente e histórico-criticamente o contexto da época, sabemos que quando os Evangelhos dizem ”sua mãe e seus irmãos estão aí” não significa que seria os filhos de Maria e, sim aqueles que seguindo a Jesus tornaram-se seus irmãos por ouvirem sua palavra e a colocarem em prática como o próprio Jesus afirmou que assim seria. O fundamentalismo sem uma criticidade gera incompreensões dos textos bíblicos e nos leva a realizar afirmações desmedidas e falsas colocando e interpretando a Escritura como bem queremos e não como deve ser. Maria é a eterna Virgem e somente assim pode ser a Mãe de Deus. É uma aberração sua afirmação quanto a isso. Se maria teve outros filhos quem é o pai deles? Porque presume-se que ali José já estaria morto. Porque não se menciona o pai então? Esquecimento do evangelista?
> ======================
RESPOSTA
A encarnação do Verbo se deu de forma sobrenatural. O Deus Filho se fez homem no ventre de Maria. A Santíssima Trindade (Deus, Filho e Espírito Santo) não teve começo nem terá fim. As três Pessoas possuem os mesmos atributos de onipresença, onipotência, onisciência, imutabilidade e eternidade. Logo, o Filho não começou a existir somente a partir do momento em que foi concebido no ventre de Maria ou a partir do momento em que veio à luz. Falando sobre a sua eternidade, Jesus disse: “Antes que Abraão existisse, eu sou” (Jo 8.58) e afirmou: “O Filho do Homem está no céu” (Jo 3.13). A Bíblia trata Maria como mãe de Jesus (Mt 12.47), e o próprio Jesus, na cruz, tratou Maria como sua mãe (Jo 19.27). Apesar disso, a Palavra de Deus não nos dá suporte para afirmarmos que Maria é mãe de Deus. Quanto aos outros filhos de Maria, só podemos entender que José tenha sido o pai deles (Mt 13.55-56)., pois José era casado com Maria. Não há na Bíblia qualquer referência à eterna virgindade de Maria. Pelo contrário, diz a Palavra que a sua virgindade permaneceu ATÉ dar à luz o primogênito Jesus (Mt 1.25).
Pr. Airton Evangelista da Costa

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *