Revista revela fortuna dos pastores mais ricos do Brasil

No ano passado postamos aqui no “Rocha ferida” uma matéria sobre os pastores mais ricos dos EUA. Desta vez a lista é dos brasileiros.  A  revista Forbes realizou uma pesquisa e listou os cinco pastores mais ricos do Brasil se baseando em dados do Ministério Público Federal, da União e da Polícia Federal. Veja os valores…

A publicação diz que a fé é algo “altamente lucrativo” que tornou alguns dos líderes multimilionários. A lista com os pastores mais ricos não surpreende se falarmos também dos televangelistas mais conhecidos do país, homens que investem em meios de comunicação comprando emissoras de TV ou até mesmo alugando diversos horários em outras emissoras.
Pela lista da Forbes o pastor mais rico do Brasil é o bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. O patrimônio dele estaria estimado em US$ 950 milhões (em dólares) e há uma observação na revista americana dizendo que o governo brasileiro acredita que este montante seja ainda maior.

Em segundo lugar está o apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, que depois de se desligar da IURD conseguiu acumular US$220 milhões em patrimônios.

O pastor Silas Malafaia aparece em terceiro lugar com US$ 150 milhões, a revista cita que o presidente da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo é o mais sincero entre os pastores e que sempre está envolvido com polêmicas relacionadas a comunidade gay.

O missionário R. R. Soares aparece em quarto lugar, fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus ele é o televangelista mais conhecido do país e seu patrimônio chega em US$ 125 milhões.

Em último lugar aparece o casal Estevam e Sonia Hernandes, fundadores da Igreja Renascer. A Forbes afirma que o patrimônio deles é de US$ 65 milhões citando também os problemas judiciais que eles tiveram nos Estados Unidos em 2007 quanto tentaram entrar no país com 56.000 dólares não declarados.
A publicação americana entrou em contato com todos os líderes listados para confirmar os valores e não teve retorno por parte da assessoria dos brasileiros.
Note que aqueles que mais investem em programas de televisão são os mais “prósperos”.
Mais uma demonstração do poder que a TV possui sobre a mentalidade da população.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *