utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Por que os padres não podem se casar?

A princípio, padres não se casavam por opção, para dedicar 100% do tempo e das energias à oração e à pregação - da mesma forma que Jesus Cristo. Em 1139, ao final do Concílio de Latrão, contudo, o matrimônio foi proibido oficialmente a membros da Igreja.




             Embora a decisão tenha se apoiado em passagens bíblicas - como "É bom para o homem abster-se da mulher" (presente na primeira carta aos Coríntios) -, uma das razões mais fortes para a transformação do celibato (como é conhecida a proibição do casamento) em regra foi o que, já naquela época, ditava as regras da humanidade. Fé? Nada disso. Grana! Na Idade Média (do século 5 ao 15), a Igreja Católica alcançou o auge do seu poder, acumulando muitas riquezas, principalmente em terras. 
           
            Para não correr o risco de perder bens para os herdeiros dos membros do clero, o melhor mesmo era impedir que esses herdeiros existissem. Isso não fez muita diferença para os monges, que, por opção, já viviam isolados em mosteiros, mas em algumas paróquias a proibição gerou discórdia. A maior delas ocorreu no começo do século 16 e foi uma das razões pelas quais o cristianismo passou pelo seu maior rompimento: Martinho Lutero rompeu com o papa e criou a Igreja Luterana, que permitia o casamento dos seus pastores - e permite até hoje (veja o quadro abaixo). 

            Depois da Reforma Protestante, a Igreja Católica reafirmou o celibato, definindo no Concílio de Trento, em 1563, que quem o rompesse seria expulso do clero. A regra se manteve até 1965, quando o papa Paulo VI permitiu que padres se casassem e continuassem freqüentando a Igreja (sem a função de padres, claro). Para conseguir essa liberação, o padre noivo precisa enviar um pedido ao Vaticano e esperar a autorização, que pode demorar até dez anos.
            "João Paulo II tornou o processo mais demorado, mas Bento XVI está limpando a mesa", diz o teólogo Afonso Soares, professor da PUC-SP. Além de promover a tal limpeza, o novo papa surpreendeu, em agosto do ano passado, ao aceitar que o ex-pastor anglicano David Gliwitzki, casado e pai de duas filhas, e tornasse padre.



Veja como outras religiões tratam a vida amorosa de seus sacerdotes

  • Judaísmo
Rabinos podem ter relacionamentos e se casar. A única recomendação é que a esposa seja judia

  • Budismo
Não reconhece nenhum ser superior capaz de dar ordens de conduta, mas monges e monjas vêem a abstinência sexual como algo que eles devem se esforçar a aprender

  • Cristianismo protestante
Pastores (batistas, metodistas, da Assembléia de Deus ou de qualquer outra corrente) podem se casar. Entre os luteranos, há grupos de monges que, por opção, adotam o celibato

  • Cristianismo Ortodoxo
Homens casados podem virar padres, mas dificilmente serão promovidos a bispos. A regra é a mesma em correntes católicas orientais, como a maronita e a ucraniana

  • Islamismo
Qualquer homem (no islamismo, não há sacerdotes como no catolicismo) não só pode como deve ter quatro esposas, se puder sustentá-las, é claro. As mulheres, por outro lado, só podem ter um marido



Fonte: revista mundo estranho

15 Comentários:

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

Então é bem melhor negocio ser um yatolah do que ser papa...ksksksksks

RENATO SUHETT disse... [Responder comentário]

Parabéns,irmão.Suas postagens são muito simples e grandemente esclarecedoras.Deus o abençoe,Paz e Bem,em Cristo!

ADMIN disse... [Responder comentário]

@RENATO SUHETT

Agradeço de coração, fique a vontade neste humilde blog.

A paz do Senhor

John Adré da Silva Lacerda disse... [Responder comentário]

boa postagem mas hoje a catolica não é mais asim,
quem tomou o lugar dela foi a evangelica que estão arrecadando muito dimheiro em nome de deus

Rita disse... [Responder comentário]

Isso é mentira!!
Os padres não podem casar para poderem seguir a Cristo! Jesus disse: "Quem quiser me seguir negue a si mesmo, tome sua cruz e me siga."
E assim foi com os apóstolos, que eram casados, e deixaram esposas, pai, mãe, filhos, campos, para seguirem a Jesus.
Os apóstolos eram casados quando conheceram Jesus, mas deixaram suas esposas e suas famílias para poderem seguí-lo.

ADMIN disse... [Responder comentário]

@Rita

I Coríntios 7:1-2
Quanto ao que me escrevestes, é bom que o homem não toque em mulher; MAS, por causa da impureza, cada um TENHA a sua própria esposa, e cada uma, o seu próprio marido.

Se o próprio Jesus não proibiu seus servos de terem esposas, o que dá ao vaticano esse direito?

Talvez se o casamento de sacerdotes fosse permitido, esses escândalos de pedofilia não chegariam a tal ponto.

Caso, porém, não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado.I Coríntios 7:9

Rita disse... [Responder comentário]

Jesus não proibiu seus servos de terem esposas?
Então por que os apóstolos deixaram suas esposas para seguir Jesus?
Há muitos padres que respeitam o celibato e não sentem desejo nenhum de se casar. Não julgue os bons padres por causa de uns maus padres. Pecador existe em qualquer lugar, em qualquer religião, até na sua. Mas isso não te dá o direito de palpitar sobre uma coisa que você não entende, e texto aí encima é um perfeito exemplo que vc não entende nada de religião católica.
Onde já se viu, dizer que padre não pode casar por causa do dinheiro! Que mentira! Que estupidez!
Vá ler o evangélio! Veja que o apóstolo Pedro tinha família, tinha esposa, mas largou tudo para seguir Jesus! E outros apóstolos igualmente.
E assim como fez Pedro, também assim fizeram os outros Papas e padres. Padre não é proibido de casar, não é um castigo para ele não casar, ao contrário, é um dom. Ninguém se ordena padre enganado, todos sabem que terão de abraçar o celibato, e muitos abraçam com prazer!
Agora, não é por causa de padres errados, que já vão para o seminário com más intensões no coração, que se pode sair por aí difamando a religião. A religião não se resume em maus padres. Há muitos e muitos bons padres na igreja, que respeitam o celibato, respeitam os mandamentos e seguem a Cristo com fidelidade.
Quantos aos maus padres, que mancham o nome da igreja, esses você pode ter a certeza, o prêmio deles está guardado.

Carlos Botinelly disse... [Responder comentário]

Superficial. O sistema de heranças na Idade Média não era o mesmo que é hoje. Sugiro que estudes Direito Medieval um pouco mais a fundo. A coisa não é assim tão simples.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Antes de falar de Idade Média, tenha conhecimento sólido de História Medieval (e se possível Direito Medieval), esse tipo de falácia de "HERANÇA" não é aceita de forma alguma por pessoas que possuem o mínimo de real conhecimento de História,quem dirá historiadores sério.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Não é aceita de forma alguma onde? Então meus professores de história que me ensinaram sobre esse mesmo assunto estavam todos mentindo? Essa história de celibato é coisa do homem, pois Deus nos deu livre arbitrio para fazer nossas escolhas quem é o homem ou um conjunto de pessoas para decidir sobre a vida do outro?

Anônimo disse... [Responder comentário]

Porquê, casando-se e gerando filhos (e não "sobrinhos", como mostra a história), os velhacos teriam que dividir a incalculável fortuna do vaticano, gerando assim o chamado "direito de herança" para esposas, filhos e netos.

E como a igreja católica só gosta de dividir o que é dos outros, e não o que é dela, não aceita a união dos padres, e quando eles "escorregam" na "fé", pagam fortunas para que as pessoas não processem o vaticano pelo direito da herança.

Nada de divino; apenas o velho e mundano interesse pelo dinheiro e sua acumulação!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Que "celibato" é esse, se existem "padres" gays, pedófilos, e promíscuos a dar com pau???

Celibato, só na teoria! Por detrás dos muros, e por debaixo dos panos, só os envolvidos sabem o que acontecem.

Negar a realidade não é fé; é hipocrisia! Ou os padrecos não acreditam em nada do que eles pregam; ou sabem como usar "brechas" na "lei"!!!

Anônimo disse... [Responder comentário]

VIRA PADRE SE NAO GOSTA DE MULHER COISA GOSTOSA QUE DEUS FEZ

Anônimo disse... [Responder comentário]

Estudei isso em História da İgreja e aprendi isso tbm pela herança e tbm sobre as cruzadas,as lutas,guerras onde mandaram crianças para a guerra para ficarem com a herança,obgada Martinho Lutero poe ter dado outra opção a nós.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Estudei isso em História da İgreja e aprendi isso tbm pela herança e tbm sobre as cruzadas,as lutas,guerras onde mandaram crianças para a guerra para ficarem com a herança,obgada Martinho Lutero poe ter dado outra opção a nós.

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>