utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A verdadeira origem do "dia de natal"

Comemoramos com alegria o nascimento de pessoas queridas e nos confraternizamos em seus aniversários. Portanto, entendemos ser válido e de muita gratidão nos regozijarmos também pelo nascimento de Jesus e lembrarmos desse acontecimento ímpar na história da humanidade com alegria




A palavra natal  vem do latim natale, relativo ao nascimento. O mundo ocidental cristão define o Natal como a celebração do nascimento de Jesus Cristo, e isso ocorre, todos os anos, no dia 25 de dezembro. Observando a história, podemos analisar que a comemoração do nascimento de Jesus, através de uma data específica, era de pouco interesse dos cristãos primitivos.

A primeira evidência histórica de que dispomos sobre o Natal é da primeira metade do século III d.C. Hipólito, bispo de Roma, escolheu a data de 2 de janeiro para celebrar o nascimento de Jesus. Outros cristãos escolheram datas diferentes, tais como: 6 de janeiro, 25 ou 28 de março, 18 ou 19 de abril e 20 de maio. A comemoração universal de 25 de dezembro se firma entre 325 a 354 d.C., aproximadamente.


A celebração do nascimento de Jesus em 25 de dezembro 

Os evangelhos não indicam a data em que o Senhor Jesus nasceu, mas apresentam um quadro grandioso e jubiloso da celebração desse dia:

"E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor e tiveram grande temor. E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Acharás o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura. E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo: Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens" (Lc 2.9-14).

Visto que não há registro bíblico do dia específico desse extraordinário acontecimento: o verbo se fez carne (Jo 1.1;14), os cristãos escolheram por si mesmos uma data para celebrar o Natal. Poderiam escolher outra data qualquer, mas a escolha recaiu sobre o dia 25 de dezembro, que era uma ocasião já consagrada no calendário do Império Romano pela grande festividade do Natal do Sol Invicto. A festividade do Natal do Sol Invicto era celebrada pelos adoradores do Sol (normalmente identificado com Mitra).






O mitraísmo era um culto que possuía algumas semelhanças com o cristianismo e, paradoxalmente, intransponíveis diferenças. Era uma religião de mistério, que concorria intensamente com o cristianismo na busca de fiéis. O cristianismo entrou em conflito com essa religião, e terminou venceu.
A escolha do dia 25 de dezembro como data do nascimento de Jesus ofuscou as festividades do Natal do Sol Invicto dos pagãos e consagrou o dia do nascimento do verdadeiro Sol da Justiça, que para os cristãos é Cristo:

"Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria" (Ml 4.2). 

Dessa maneira, os cristãos daquela época cristianizaram um dia festivo do calendário romano, argumentando que Jesus é a luz verdadeira. Pois o próprio Senhor Jesus disse, em João 8.12, que ele é a luz do mundo. Foi uma maneira que esses cristãos acharam de considerar o feriado romano e trocar o objeto de culto, já que não tinham uma data específica. Com isso, destruíram o culto a Mitra, condenando-o ao desaparecimento.

Embora a maioria dos cristãos celebre o nascimento de Jesus no dia 25 de dezembro, nem todos consideram essa data, mas isso não consiste um problema propriamente dito, já que para muitos o importante não é a data em si, mas o acontecimento: Jesus nasceu. Os ortodoxos comemoram o Natal no dia 06 de janeiro e os armênios, no dia 19 do mesmo mês. Biblicamente, dois fatos importantes demonstram que o nascimento de Cristo não se deu em nenhuma dessas datas. O contexto de Lucas, por exemplo, revela que o nascimento do Messias ocorreu em um verão: o recenseamento Determinado por César Augusto (Lc 2.1-2) e os pastores no campo durante a noite (Lc 2.9). O deslocamento de grandes grupos de pessoas de um local para outro não era algo apropriado no inverno e muito menos era típico dos pastores apascentarem suas ovelhas no relento nessa época do ano.


Grande parte dos cristãos comemora o acontecimento, e não o dia em si, pois para eles todos os dias é Natal. Muitas igrejas cristãs não comemoram o Natal, outras defendem a abstinência de qualquer celebração (por exemplo, aniversários, casamentos, apresentação de crianças, Ano Novo etc). E cada posição adotada pelas diferentes denominações, deve ser respeitada segundo o apóstolo Paulo que escrevendo aos irmãos de Colossos, declara:

"Portanto, ninguém vos julgue pelo comer ou pelo beber ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados" (Cl 2.16). E vai mais além: "E quando fizerdes por palavras ou por obras fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai "(Cl 3.17).





A Importância do nascimento do Jesus

Independente da data e da comemoração do Natal, acreditamos que todos os cristãos são gratos a Deus pela vinda de Jesus. O Senhor Jesus é a pessoa central da fé cristã. A primeira profecia referente ao Messias está registrada no livro de Gênesis, onde o apresenta como a semente da mulher:

"E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a Sua semente; Este [Jesus] te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar" (Gn 3.15).

O Messias nasceria da descendência de Abraão: . . ."e em ti serão benditas todas as famílias da terra" (Gn 12.3).

A respeito dele, lemos o seguinte em Números 24.17:

"Vê-lo-ei não agora, contemplá-lo-ei, mas não de perto; uma estrela procederá de Jacó e um cetro subirá de Israel..."

O nascimento do Senhor Jesus é motivo de grande alegria a todos o povos. Para os cristãos, o Natal (o nascimento de Jesus) significa a materialização do grande amor de Deus: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna.

Independente de qualquer posição em relação à festa de Natal, louvamos a Deus por essa feliz Boa Nova: Jesus nasceu!


Fonte: cacp.org.br








14 Comentários:

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

A morte de Yahshuah Hamashiach na quarta feira


Além do nome. O Tanak mostra que o Mashiach viria num tempo pré-estabelecido pelo pai Yahweh anunciado pelos profetas do Eterno.
Ou seja; a cronologia profética do Tanah apontava a época certa em que o Mashiach apareceria; quanto tempo ele pregaria, bem como o dia de sua morte, quantos dias ele ficaria no sepulcro, e também em que dia o Mashiach ressuscitaria dentre os mortos.
Porque; Há um momento para tudo e um tempo para todo o propósito debaixo do ceu; existe tempo de nascer e tempo de morrer, um tempo para plantar, e um tempo para colher o que foi plantado. Kohelet (Proverbios) 3,1-3.
Que dia Nasceu Yahshuah Hamashiach?
De uma forma geral.
Segundo estudiosos do judaísmo messiânico,
a mais provável época do nascimento de Yahshuah teria sido na conhecida Festa de “Sukot”= Tabernáculos(Cabanas). O estudo está baseado no comentário de que Z´kharyah (Zacarias) tinha visitado o templo pouco antes de sua esposa engravidar: Nos dias de Herodes, rei de Yahudah, havia um kohen=sacerdote, chamado Z´kharyah, que pertencia à divisão de Aviyah=Abias; Sua mulher descendia de Aharon...mas, eles não tinham filhos, porque Elisheva (Izabel) era estéril; Uma vez quando Z´kharyah cumpria seus deveres de kohen (sacerdote) no período de serviço de sua divisão...lhe apareceu um anjo de Yahweh...dizendo-lhe...sua mulher Elisheva , engravidará. E Z´akharyah, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele. Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. Lucas 1:13 Considerando a ordem de Abias segundo as turmas dos sacerdotes. I Cronicas 24:10 era a oitava turma. Sendo que haviam 24 Turmas de Sacerdotes exercendo o trabalho 1 semana durante o ano. A primeira turma iniciava seus trabalhos no primeiro dia do primeio mes da Pascoa,=Abib, sendo este o primeiro mes Judaico(entre Março-Abril), veja: No primeiro mês, aos catorze dias do mês, à tarde, comereis a matizah=pães ázimos, até vinte e um do mês à tarde. Êxodo 12:18 .

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

continuação em que dia nasceu...

Cronicas 24:19 O ofício destes no seu ministério era entrar na casa do Yahweh, segundo lhes fora ordenado por Arão seu pai, como Yahveh Helohim de Yashorul=Israel, lhe tinha mandado. Isto quer dizer que a mãe de João ficou grávida logo após o retorno de Z´kariah. Zacarias teria servido entre Julho e Agosto. E sucedeu que, terminados os dias de seu ministério, voltou para sua casa. E, depois daqueles dias, Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo: Assim me fez o Senhor, nos dias em que atentou em mim, para destruir o meu opróbrio entre os homens. E, no 6º mês(de gravidez de Isabel) foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré. A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era Yossef (José) da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Yahudah (Judá) E entrou em casa de Z´akharyah (Zacarias) e saudou a Elisheva (Isabel)., Lukas capitulo 1º . Isto dá-nos a entender que Isabel já estava com 6 meses de gravidez quando Maria engravidou, no Mês de Kisleu=9º mês hebraico=Novembro-Dezembro, No tempo da festa de Hannukah (Dedicação), adicionando os 9 meses de gravidez, de miryam chegam no 7º mês hebraico, Mês de Tyshri=Setembro-Outubro. Em Novembro já estaria frio demais para os pastores apascentarem o rebanho no campo a noite . Outro fato interessante que desmentiria o natal de Dezembro é o fato de o inverno ser bem rigoroso nesta época na Yahudaiah (Judéia) com temperaturas que podem chegar até abaixo de zero, e até mesmo a nevar, o que impede a presença de pastores no campo com gado conforme os textos...Chegou o tempo da festa de Hannukah=Dedicação, em Yahshalaym. Era inverno, e Yahshuah andava na área do Templo; Yachonam 10,22,23. Lembrando que, a festa de Hannukah acontecia no mês de Kisleu o 9º mês,Hebraico=Nov-Dezembro. A Festa mais próxima desta época é a Festa de Sukot = Tabernáculos, que também é conhecida como a Festa da Presença de Deus no meio do seu povo. Talvez esta seja a razão profética para o nascimento de Yahshua, durante esta festa. Misteriosamente, a Festa dos Tabernáculos é celebrada por 7 dias, número que representa a perfeição. Note: “Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo será a festa de Mishcam= Tabernáculos ao Yaahweh por sete dias. Levítico 23:34. Como vemos, nesta época do ano é comemorada a Festa de Sukkot=dos Tabernáculos. Provavelmente Yahshuah nasceu durante esta festa. O texto do evangelho de João, cap. 1, verso 14 diz que o Verbo se fez carne e habitou (em grego, skenoo, “ tabernaculou” ) entre nós. Como não existem coincidências na Palavra do Eterno, eu creio que esta pode ser uma indicação sobre a época correta do nascimento do Mashiach. A palavra grega usada aqui tem o sentido de armar a tenda, fixar residência, morar em um tabernáculo.

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

cont..em que dia nasceu...

A profecia das 70 semanas de anos de Danyah (Daniel) capitulo 9. Mostra o tempo exato do aparecimento de Yahshuah Hamashiach. Aliás, esta é a unica profecia na Escritura que mostra a data do aparecimento de Yahshuah Hamashiahc na Terra.
Está escrito lá o seguinte...70 semanas de anos foram decretadas para seu povo (os Yahudim) para sua cidade sagrada Yahshalaym...sabe portanto, e entenda que 7 semanas de anos (49 anos) transcorrerão entre a promulgação do decreto para restaurar e reconstruir Yahshalaym; E até a vinda do príncipe ungido (Mashiah)...haverá 7 semans e 62 semanas de anos...ao todo 483 anos...Depois das 62 semanas o Mashiach será eliminado...Danyah (Daniel) 9,24-27
Esta profecia indicava que, a partir da promulgação para a restauração do Estado Judaico até a unção de Yahshuah o principe da vida em sua Tevilah (Batismo) quando ele se tornaria no Mashiach (ungido); haveriam exatas 69 semanas de anos (483 anos).
Algumas Bíblias datam a saída da ordem para a restauração de Yahshalaym (Jerusalem) como sendo no ano 457 antes da era do Mashiach.
E o historiador flávio Josefo diz que a promulgação do estado judaico ocorreu na festa de Sukkot (Tendas). Esta festa judaica iniciava no dia 15 do 7º mês (Tysri). Sendo que o dia 15 o 1º dia da festa de Sukkot era um shabbat de descanso absoluto; Vayikra (Levitico)23,33-36. Josefo declara que a restauração do estado judaico foi promulgado no dia 14 de Tysri, véspera da festa ; já que o dia 15 do mesmo mês era um shabbat e ninguém podia fazer nada como já explicamos.
Daí...somando uma coisa à outra para chegar a uma conclusão (como diz o pregador-Kohelet-7,27.)Conclui-se, que, a data para este evento deu-se no dia 14 de Tysri o 7º mês do ano 457 antes do Mashiach. Adentrando no tempo profético "a luz que alumia na escuridão" a partir da data da promulgação da ordem para a restauração do estado judaico. Encontraremos assim a data do nascimento de Yahshuah em 14-7-1 como também a data da sua Tevilah (Batismo) 14-7-26; e também de sua morte no dia 14 de Abib dia da Parasceve "preparação da Pêssah" no ano 30; era do Mashiach.
Vamos então rastrear a profecia e chegar na data do nascimento de Yahshuah; Já que Shimon Kefah (Pedro) escreveu..temos confirmada a palavra profética. Vocês farão bem se lhe derem atenção, como a luz que brilha no lugar escuro e sombrio, até que o Dia raie e a Estrela da Manhã brilhe no coração de vocês; 2ª Kefah (Pedro) 1,19,20.
O Malak (Anjo) encarregado disse ao profeta Danyah (Daniel) que da saída da ordem até a Tevilah (Batismo) de Yahshuah quando ele se tornaria no Mashiach (Messias); haveria uma contagem de 69 semanas de anos ou 483 anos.
Contados desde o dia 14 de Tysri do ano 457 antes do Mashiach, vamos chegar em 14 de Tysri do ano 26 da era do Mashiahc, exatos 483 anos.

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

cont...em que dia nasceu...

Assim temos.
14-7-457---------antes do Mashiach-A promulgação da ordem.
14-7-408---------antes do Mashiach-término da restauração de Yahshalaym e do estado judaico.
14-7-1-----------era do ----nascimento de Yahshuah.
14-7-26----------era do Mashiach---A Tevilah de Yahshuah quando ele se tornou o mashiach.
14-1-30---------era do Mashiach---crucificação e morte de Yahshuah hamashiach na metade da semana
14-7-33---------era do Mashiach---fim das 70 semanas dos judeus e inicio do tempo dos gentios.
14-7-1843-----era do Mashiach---fim das 2300 tardes e manhãs, inicio purificação do santuário.
14-7-2043-----era do Mashiach---a Parusia de Yahshuah-inicio festa da colheita .
14-7-2050-----era do Mashiach---fim da colheita e das bodas do Mashiach de 7 anos-de 2043 a 2050.
14-7-2052----era do Mashiach-----fim da festa de Purym de 2 anos.
14-7-2053----era do Mashiach----fim da festa do jubileu durante 1 ano-inicio do milênio do Mashiach.
14-7-3053----era do Mashiach---fim do milenio, a nova Yahshalaym desce do céu para a nova Terra.
Quando o filho Yahshuah hamashiach entregará o reino ao Pai "Yahweh".1ª Cor, cap-15.
Lembrando que durante seu ministerio terreno o Mashiach celebrou a Pêssah (pascoa) 4 vezes.
14-1-27 era do mashiach.
14-1-28..........................
14-1-29..........................
14-1-30..........................

Anônimo disse... [Responder comentário]

QUEM É VOCÊ SR.Ivonil servo de Yahshuah? VC VEM COM CADA UMA.

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

Eu sou ivonil vc não leu?
escrevo e coloco meu nome,
porque a constituição do meu país "BRASIL"
da´ liberdade de crença e de livre expressão.
No entanto, proibe o anonimato, sabia? já leu nossa constituição alguma vez?
Saiba que o anonimato em manifestar ideias de quaisquer especies por escrito é crime!
Agora se quiser me conhecer melhor visite meu blog...ivonilservodeyahshuah.blogspot.com.
È inteiramente de graça viu?
Nossaa fé em yahshuah e a pregação dela é plenamente gratuita como nosso mestre nos ensinou...de graça recebestes de graça dai...mt 10,6. e refs.
shalom em yahshuah o unico nome que salva! Sr anonimo........
ivonil servo de yahshuah...

Antonio Batalha disse... [Responder comentário]

O alvo de meu blog é divulgar o bom nome de Jesus. E levar cada crente mais perto de seu Senhor, ficarei feliz se quiser fazer parte dele, contudo não deixarei de visitar, e comentar em seu blog. Ficarei á espera da sua amizade virtual. Minhas saudações em Cristo Jesus.

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

O Natal foi instituido pelo imperador Constantino de Roma no (ano 325 era do mashiach.)
Nesse dia ...25 de Dezembro...era reverenciado entre os povos pagãos, o dia "natallis invict sollis" o nascimento do sol envencivel.
A Enciclopedia Britanica Edição de 1946 diz o seguinte sobre o dia 25 de Dezembro. O natal não constava entre as antigas festividades da Igreja...não foi instituido pela Igreja primitiva, nem pelos apostolos, nem pelas autoridades biblicas. Foi tomado mais tarde do paganismo!
E A Enciclopedia Americana edição de 1944 relata tambem sobre o natal...o natal de acordo com muitas autoridades, não se celebrou nos primeiros seculos da Igreja...A Árvore de natal, é de origem germanica, datando do tempo de s bonifacio. Foi adotada para usbstituir os sacrificios ao carvalho sagrado (arvore sagrada) de "Odin" deus mitologico. Adoravam-se tambem, uma árvore em homenagem ao deus menino pagão! Porquanto, o costume de usar árvores de natal dentro de casa, é uma idolatria romana herdada do paganismo.
Como se vê, a historia nos mostra que o natal e suas festividades idolatras, é totalmente uma data e uma festa pagâ...
shalom em yahshuah po unico nome que salva!!!!!!!!!!!

Sobre Jesus disse... [Responder comentário]

Fantástico material. Parabéns pelo site e considerações. Quero aproveitar e deixar o convite para visitarem nosso site também. www.sobrejesus.com

Antonio Batalha disse... [Responder comentário]

É para mim uma grande alegria, acessar ao seu blog e ver o que escreve, continue a ser uma benção, e a escrever sempre mensagens de amor e esperança e de edificação, Deixo um faterno abraço e um desejo de um Ano Novo cheio de graça amor e paz, e que se possa lembrar sempre que o próximo precisa de si.

OUÇA A PALAVRA DO SENHOR disse... [Responder comentário]

Uma e a mesma é a nossa mensagem de Gratidão a Deus pelo ano que está indo e pelo outro que está chegando. A todos os homens e mulheres de coração voltado para o Senhor, o nosso grande abraço, e desejos de muita paz e vitórias no nome do Filho Amado de Deus, Jesus Cristo de Nazaré, o Rei dos reis e Senhor dos Senhores.
www.oucaapalavradosenhor.com

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

É ESTRANHO UM NAZARENO DE NOME JESUS NÃO?
SE A LINGUA PORTUGUESA DA QUAL DERIVA O NOME JESUS EXISTE A APENAS CERCA DE 800 ANOS ELA É DE (1195). E O HOMEM QUE CHAMAM DE JESUS É HEBREU, NASCEU NUM MUNDO HEBRAICO A DOIS MIL ANOS, E COM CERTEZA RECEBEU UM NOME HEBRAICO.
COMO A VELHA MÃE BABILONIA(IGREJA CATOLICA CRISTÃ) CUIDOU DE TUDO PARA QUE SUAS FILHAS(IGREJAS EVANGELICAS) FOSSEM MUITO OBEDIENTES A ELA!

SHALOM EM YAHSHUAH O UNICO NOME QUE SALVA!!

Barrabás disse... [Responder comentário]

Vou dar um xeque-mate aqui, par ivonil e cia.
Conhecem a mitologia egípcia?
pois é, foi dali que foi copiada a mitologia cristã, inclusive o nascimento do messias.
Gente ligada vai concordar, ignorantes cegos vão discordar.
Epopeia de Gilgamesh, povo sumério, outra fonte de onde copiaram a mitologia cristã.

Ivonil servo de Yahshuah disse... [Responder comentário]

http://axiomafinal.blogspot.com/2015/12/deus-zeus-idolo-mitologico.html

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>