utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Caiu a casa - Wikileaks libera documentos da embaixada do Vaticano


Documentos liberados pela Wikileaks altamente confidenciais da Santa Sé revela um lado escuro para o poder secreto do Vaticano. É um lado que a Igreja prefere não ter revelado.





















Os documentos publicados pela equipe de Julian Assange, nesta semana, vão levantar as sobrancelhas de crentes e não crentes. Em um movimento de enormes proporções, considerou-se prudente liberar documentos com os números de telefone do Chefe de Estado do Vaticano e do Escritório Papal, ainda que há uma nota na parte inferior da cópia original que diz que é muito pouco provável que respondam a alguma chamada.


A guerra no Iraque

Os documentos que já são de domínio público revelam que o Vaticano apoiou a guerra no Iraque, inclusive se a agressão militar "não fosse abertamente sancionada".

África

Wikileaks publicou cinco relatórios ao todo, entre os que se indicam que na África, um continente assolado pelo vírus da AIDS, as jovens freiras às vezes são vistas como alvos seguros para atividades proibidas exclusivas para os padres. Em alguns casos extremos, de acordo com a documentação, os sacerdotes engravidaram freiras e alentaram-nas a que se submetessem a abortos.

Estados Unidos

Em 2002 o Vaticano teve que enfrentar o escândalo do abuso de menores por clérigos nos Estados Unidos. Segundo um documento vazado, a Santa Sé respondeu à crise dizendo que, em geral estava "em solidariedade" com as normas estabelecidas pela Conferência Episcopal, mas se opôs a uma série de fundamentos jurídicos.

O Vaticano celebrou a ideia de que só um "pequeno número" dos sacerdotes estavam envolvidos, apesar de que críticos e as vítimas argumentaram que o abuso era massivo. Nesse momento a Igreja declarou que tinham uma incerteza sobre a definição precisa do ato de abuso e considerou que era "vaga e imprecisa e portanto difíceis de interpretar".

A Santa Sé opôs-se também à Proposta das Juntas de Revisão que se criaria nas províncias dos Estados Unidos, já que estes laicos, potencialmente ofuscariam a autoridade dos bispos e seriam um mal exemplo para outros países.

América Latina

Segundo os documentos, o Estado da Igreja buscou ativamente um apoio contra os governos de esquerda na América Latina.

Fonte: namibian via Aeromental

6 Comentários:

Edenícia disse... [Responder comentário]

Olá,
Que este fato sirva de exemplo para o nosso país, o Brasil. Tem muita coisa encoberta.
Abraços,
Edenícia

Anônimo disse... [Responder comentário]

Cara
pra mim isso é boato! Posta aqui a fonte e os documentos vazados!

5n3v35 disse... [Responder comentário]

Acho que faltou os tais documentos para mostrar a veracidade do fato. Ainda mais que a acusação é grave.Quanto ao meu povo(evangélicos)...Cpmp tem escandalos !!!

Rocha ferida disse... [Responder comentário]

Acesse o link

http://wikileaks.org/cable/2005/12/05VATICAN562.html#par1

Pró-Ecclesia disse... [Responder comentário]

Esse link, assim como seu blogguer, são uma grande piada sem graça, que já não faz ninguém rir.. Assim como a reforma é um grande aborto espontâneo na História ! Pura tolice ! Essas fontes nada provam, nada dizem!!.. aff! Essa é a verdade que vocês pregam? Na verdade não passa de uma mentira maquiada de verdade..

Irmão Mauro e irma Francine disse... [Responder comentário]

REALMENTE A IGREJA CATÓLICA E A BESTA DE 7 CABEÇAS DO LIVRO DE DANIEL!!

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>