utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pai tortura garota de 14 anos por ela ter aceitado a Cristo

Em Uganda (África) uma garota de 14 anos foi torturada pelo pai, Beya Baluku, ficando presa por seis meses sem se alimentar por ter deixado o islã e se convertido ao cristianismo. Susan Ithungu, da aldeia de Isango, foi hospitalizada no Hospital Kagando em outubro de 2010, mas ainda hoje é incapaz de andar depois de ficar por meses trancada em um quarto sem se alimentar.




De acordo com fontes, Susan e seu irmão mais novo, Mbusa Baluku, moravam sozinhos com seu pai, depois que ele se divorciou de sua mãe. Em março de 2010, um evangelista da Igreja do Evangelho Pleno de Bwera falou na escola de Susan e ela decidiu confiar em Cristo para ser salva.

Depois de um mês seu pai ficou sabendo e passou a torturá-la. “Depois de um mês, chegou ao meu pai a notícia de que eu tinha me convertido e isso foi o início dos meus problemas com ele. Nosso pai nos advertia para que não fôssemos à igreja, nem ouvíssemos o evangelho. Ele até nos ameaçou com uma faca afiada,” contava Susan na cama do hospital.

De acordo com o pastor José, da Igreja do Evangelho Pleno em Kasese, Baluku trancou Susan um quarto muito apertado durante seis meses, sem deixá-la ver a luz do sol. “O irmão mais novo foi advertido para não dizer a ninguém que Susan estava trancada em um quarto sem nada para comer.”

Mbusa disse que, quando seu pai saía, ele dava algumas bananas a sua irmã. “Eu também cavei um buraco no chão para passar água para ela. Mas, na maioria dos dias, ela só conseguia beber a lama”, disse ele.

Um vizinho, que pediu anonimato, disse que toda a vizinhança ficou preocupada por não vê-la por muito tempo. “O irmão dela, então, nos revelou que Susan estava trancada em um dos quartos da casa. Em seguida, relatamos o caso à polícia, que foi até a casa e libertou a menina.”

”Susan estava muito magra e não conseguia falar ou andar. Seu cabelo tinha ficado amarelo, tinha unhas longas e olhos encovados. Ela estava com menos de 20 quilos,” conta o pastor que diz que apesar dos cuidados médicos, a garota ainda não consegue andar.

“Pela graça de Deus, Susan ainda está viva. Embora ainda não possa andar, ela consegue falar agora. Ela ainda está se alimentando de comidas leves. A grande notícia é que Susan está firme em Jesus. Ela precisa de orações e apoio, para que possa retornar à sua rotina o mais breve possível.”

4 Comentários:

Carolina Tavares disse... [Responder comentário]

Em oração por essa menina!
Fique na Paz!
Carol

http://carolcarrilhotavares.blogspot.com/

NEIA AZEVEDO disse... [Responder comentário]

MUITAS VEZES NÃO SABEMOS APROVEITAR A LIBERDADE QUE TEMOS DE EXPRESSAR NOSSA FÉ, E VENDO CASOS COMO ESTE RECORDO-ME QUE O EVANGELHO DE CRISTO NÃO É CONFORTO,NÃO É ADAPTÁVEL AO NOSSO ESTILO DE VIDA.QUE LEMBREMOS ATRAVÉS DESTE TESTEMUNHO DE FÉ QUE IR A IGREJA AOS CULTOS,LEVANTAR AS MÃOS,CHORAR,GRITAR NÃO É VIVER O EVANGELHO.MAIS AMAR O PRÓXIMO,SERVIR,SOFRER POR AMOR A CRISTO,LEVAR O EVANGELHO DE CRISTO E TER AS MARCAS DO SOFRIMENTO DE CRISTO EM NÓS,NOS FAZ COMO ELE.

Ranuzia Rabelo disse... [Responder comentário]

E MUITAS VEZES TEMOS DIFICULDADES DE CONFESSARMOS QUE SOMOS CRISTÃOS.QUE O SENHOR JESUS ESTEJA SEMPRE AO LADO DESSA CORAJOSA MENINA.FIQUE NA PAZ DE CRISTO.

Anônimo disse... [Responder comentário]

E as pessoas que falaram de Cristo pra esta menina?Não notaram sua falta?

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>