utilizadores online
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Primeiro casamento civil gay do Brasil é realizado em São Paulo

O Estado de São Paulo realizou nesta segunda-feira o primeiro casamento civil entre gays do Brasil. Segundo Tribunal de Justiça do estado, o juiz da 2ª Vara da Família e das Sucessões de Jacareí, Fernando Henrique Pinto, autorizou que o status de união estável entre o cabeleireiro Sérgio Kauffman Sousa e o comerciante Luiz André Moresi em casamento entre duas pessoas do mesmo sexo.


Os dois se tornaram oficialmente casados e terão o mesmo sobrenome: Sousa Moresi.  A Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros informaram que não havia casamento civil homoafetivo registrado no Brasil.
"Se no mundo ainda vige forte preconceito contra tais pessoas, e se as mesmas têm de passar por sofrimentos internos, familiares e sociais para se reconhecerem para elas próprias e publicamente com homossexuais, parece que, se pudessem escolher, optariam pela conduta socialmente mais aceita e tida como normal", disse o juiz.
De acordo com José Sérgio, a união estável se torna casamento civil depois de oito anos. O Ministério Público deu parecer favorável ao pedido, que "foi instruído com declaração de duas testemunhas, que confirmaram que os dois 'mantém convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituir família'."
"Agora somos um casal oficialmente reconhecido, é uma emoção muito grande, estamos muito felizes. Há 15 anos que militamos esse direito", disse José Sérgio.




5 Comentários:

Nathan Friend disse... [Responder comentário]

Absurdo! O homem foi feito para mulher e a mulher para o homem! Homem com homem e nem mulher com mulher podem ter filhos. Uma prova que o homosexualismo é errado é só voce ver quer todas as pessoas que práticam o sexo anal (podem observar em sites eróticos) tem orifício anal deformados o cú foi feito para sair fezes e não para entrar penis. Outra prova é que o cú não lubrifica no ato sexual e a vagina tem lubrificação natural. O sexo anal provoca um relaxamento no cú que depois nem a própria merda eles conseguem segurar se estiverem com disenteria. O penis foi feito pro sexo e a buceta também pois no penis tem o lugar de sair o esperma e a urina e na buceta tem o lugar de entrar o penis e de sair a urina mais para isso é necessário um homem e uma mulher .Já o cú foi feito pra sair merda e aínda tem gente que acha que o homosexualimos é normal. O homosexualimos é nada mais do que uma falta e vergonha ou um desvio mental de nascimento.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Que eles e todos sejam bem FELIZES e esse natha ai e mais um viado revoltado que nem a pastora silas malafaia

CCLP disse... [Responder comentário]

Vou usar esse espaço para colocar meu humilde ponto de vista: O casamento homo-afetivo é do interesse dos homossexuais. Eu não tenho nada contra e acho que os mesmos tem o mesmo direito que as pessoas heterossexuais ou bissexuais.

Prefiro ver homens se beijando, e mulheres se beijando do que se matando como hoje estamos vendo.

"Se uma pessoa é gay, busca Deus e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-la?" A frase, dita pelo papa Francisco a 70 jornalistas que embarcaram com ele a Roma nesta segunda-feira (29/Julho/2013). Ele está certo! Ninguém deve julgar o direito do outro!! Apenas respeitar!!

Sou do www.clubedecasaisliberais.weebly.com e não aceito nenhum tipo de preconceito (racial, religioso, etinia) contra outra pessoa!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Tanbem..nao tenho nada contra ...ser felis do geito ke as pessoas kerem..nada contra....acho bonito....

Postar um comentário

Deixe registrado sua opinião. Mas evite palavrões e ofensas, assim seu comentário não correrá o risco de ser moderado.

Tecnologia do Blogger.

Receba as postagens por e-mail

O mundo tem sede de Deus

free counters

Seguidores

Google+ Followers

  ©Rocha ferida - Todos os direitos reservados.

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha." Mateus 7:24
type='text/javascript'>